Início » Kindred

Kindred

Kindred de Octavia E. Butler

por Letícia Dutra
0 comentário

Quantas vezes você precisa levar um soco na boca do estômago (no sentido figurado) para que sua realidade possa se tornar mais condizente com o que realmente acontece ao seu redor? Octavia Butler é a rainha da ficção cientifica, este não é o único livro que li dela e posso garantir que ninguém mescla antirracismo com sci-fi como ela.

  • Livro: Kindred
  • Autora: Octavia Butler
  • Páginas: 432
  • Editora: Morro Branco
  • Nota: 5/5 ⭐ + ❤️
Kindred – Laços de sangue

”Comecei a escrever sobre poder porque era algo que eu tinha muito pouco”

Aos que me acompanham há tempos já sabem que minha vida deu uma virada quando li “O ódio que você semeia” em 2020. A partir de então, comecei a ler livros de ficção que me fizessem pensar e questionar a realidade sobre raça, cultura, atitudes e tudo que existe a minha volta.

Foi então que descobri Kindred. Sim, descobri. Pois este livro foi escrito em 1979, publicado no Brasil em 2017 e cheguei a ler apenas em janeiro de 2021.

Depois de algumas leituras sobre racismo estrutural, histórias contemporâneas, livros sociais e até mesmo romances históricos, poderia dizer que Kindred seria mais um “bom livro” na lista de leituras obrigatórias para todo antirracista, porém, ele é muito mais que isso!

Octavia E. Butler

Nesta maravilhosa ficção científica conhecemos a personagem Dana, 26 anos, casada, livre. Em meio à mudança de apartamento ela se sente mal, enjoada e tonta, cai de joelhos. Quando dá por si está na beira de uma floresta, de frente para um lado e um garotinho está se afogando. Ela corre e o salva. Em seguida se vê diante de um cano de espingarda. Num piscar de olhos ela está de volta ao seu apartamento, completamente enxarcada. Essa experiência bizarra acontece de novo, e de novo, e de novo…

Dana está involuntariamente viajando para o século XIX, época em que as pessoas de sua cor eram escravizadas. Como uma mulher livre vai sobreviver sendo açoitada, com costumes considerados insolentes para mulheres e principalmente “pessoas de cor”?

”Não sabia que as pessoas podiam ser condicionadas com tanta facilidade a aceitarem a escravidão.”

Quando mais tempo Dana passa no passado, menos tempo ela entende do futuro. Poucos minutos ou dias que passa no presente são anos, décadas no passado e cada vez que retorna algo novo acontece, algo que pode mudar o seu futuro, algo que pode impedir seu próprio nascimento!

Kindred – capa

Minha leitura foi tão rápida (três dias) que sinto que não li direito e quero reler este ano. Quero reler todo ano! Uma escrita de fácil entendimento, acontecimentos a todo momento e questões que nos fazem respirar fundo e desejar entrar no livro para ajudar Dana são apenas alguns motivos que me fizeram favoritar essa obra prima.

O livro já está com previsão de ser adaptado para uma série de TV pela FX. Finalmente deram start nas produções e estou ansiosa para ver como é que essa maravilha tomará forma nas telinhas.

💬 Você já conhecia Kindred ou já leu outro livro da autora?


Leia um trecho

Publicações relacionadas

Deixe um comentário!